18 de junho de 2011

Ganhe um Livro de Edson Marques Brandão

Durante os meses de junho e julho estaremos presenteando nossos leitores com exemplares dos livros Frontispícios do Pensamento e Brasil: Mais que um país, uma inspiração. Para isto, o leitor deverá seguir este blog e postar um comentário respondendo o que acha da crônica Onde estão os cérebros? A referida crônica foi publicada na antologia Brasil: Mais que um país, uma inspiração, na revista virtual partes e no blog Jornal Portal Jovem e também está disponível nos links abaixo:

http://jornalportaljovem.blogspot.com/2011/02/onde-estao-os-cerebros.html

Segue a crônica:



Onde Estão os Cérebros?
Edson Marques Brandão


Nem faz tanto tempo assim...
Lembro-me do primeiro dia de aula.
Quanta ansiedade!
As crianças correndo afoitas pelo terreiro daquela escola simples no meio do mato...
Outras e outras escolas foram fazendo parte de minha vida.
N'algumas, tive que andar quilômetros para pegar uma condução, um caminhão pau-de-arara, um ônibus velho que quebrava com frequência.
Lembro-me dos banhos de chuva, das tardes frias de inverno com a roupa pregada ao couro, tremendo qual pinto molhado...
Ah, naquele tempo - engraçado, naquele tempo parece reportar a uma época tão distante, mas não faz tanto tempo assim, ainda ontem estava eu na sala de aula - não havia essa parafernália eletrônica, no meu tempo não havia computadores, naquele tempo nem sequer havia eletricidade na minha terra...
Lembro-me que à noite estudava à luz de candeeiros. Como fumaçavam!
Ficava zangado quando caíam bolotas do pavio em cima de meus cadernos,
Mas como tinha prazer em estudar.
Meus pais não tinham lá muito saber escolar, mas me admiravam e impulsionavam para que prosseguisse meus estudos, eram tempos difíceis...
Mas lutávamos com bravura para estudar, não havia transporte escolar público,
Não havia livros,
Não havia ginásio de esportes,
Não havia laboratórios de informática ou de ciências...
Não havia muita coisa,
Mas havia verdadeiros mestres.
Mestres da escrita, da oratória, do entusiasmo.

Hoje vemos uma juventude decadente...
Assim falam os guris no msn, no facebook, nos corredores:

- Não quero mais estudar,
Contento-me com meus brinquedinhos eletrônicos, o celular toca música, tira fotografias, conta piadas, passa vídeo; 
Dentro do quarto tenho dois deuses: a televisão e o computador,
Não há mais conversa em família.
Pra quê?
Tenho o msn, milhares de amigos virtuais me esperam.
E o facebook? Esse tá na cabeça da galera.
Estudar pra quê?
Matéria chata, professor retrógrado...
Vou à escola só de corpo presente,
Levo meu mp4, pra não escutar o papo chato do professor de física, de química, de matemática. E o de português então? Nossa! Briga por que escrevo vc, tbm, pq, blza, kd e outras coisas tão mais fáceis de entender...
Não, prefiro a galera, ela me entende.
Quando chegar em casa vou acessar o chat,
Fazer um sexo virtual com aquela mina irada,
Minha web cam tá dá hora.
Vejo a mina enlouquecer na minha...
Estudar, pra quê?
Matéria chata!
Pra que ver livro de biologia, de educação sexual, imagenzinha em cores nos livros, se posso ver a mina todinha na tela do meu pc?
Não, esse negócio de estudo já era...
Eu quero é um baseado, curtir com a galera.
Hoje posso gostar de meninos e meninas, ninguém nem repara mais isso, é moda, é gostoso...
Ontem à noite transei com três minas ao mesmo tempo, foi irado.
Estudar pra quê? Tô morto de cansado hoje,
Amanhã faço uma cola, o professor nem vai ver, aquele babaca...
Passo sempre sem estudar nada, o governo manda que me aprovem, estudar pra quê?
Eu quero é curtir mano!
Isso de estudar já era. Pra que estudar? Nem se fica rico estudando. Eu quero é ser político, que nem precisa ler nem escrever, é só saber "trabalhar" e encher os bolsos...
Pra que estudar? 
Estuda quem é besta! Conheço vaqueiro vereador, vendedor de melancia que virou prefeito, açougueiro deputado, lavrador que vira deputado federal e até operário Presidente da República. Não precisaram estudar, ter curso superior, e dão emprego a esses babacas que passam a vida toda estudando...
Eu quero é diversão, curtição, pegação!
Vou ser rico, vou ser político!
Toda a comunidade vota em mim, basta dá uma cachacinha de vez em quando, pegar essas minas de vez em quando, dá-lhes um “créu”...
E professor ainda quer ser político, falando certinho, cantando mpb, bebendo vinho...
"Nóis quer" é putaria, é montilla, é créu, é funk...
Vou pros braços da galera, agora vou ser prefeito. 
Estudar pra quê?


Tenho saudade daquele tempo, não havia celular, não tinha televisão, tinha apenas um radinho de pilha que informava e animava as tardes e início de noite, que transmitia a missa de domingo. 
Não tinha orkut, tinha vizinho, tinha amigos, tinha família...
Não havia computador, mas existiam cérebros.


***

As cinco melhores respostas receberão de presente os livros citados de acordo com a seguinte classificação:
1º lugar: Antologia Brasil: Mais que um país, uma inspiração
2º lugar: Antologia Brasil: Mais que um país, uma inspiração
3º lugar: Livro Frontispícios do Pensamento
4º lugar: Livro Frontispícios do Pensamento
5º lugar: Livro Frontispícios do Pensamento

E aguarde o lançamento do livro Fagulhas e Desejos que será lançado este ano.
Obs: O comentário deverá estar neste post.

Após o resultado entraremos em contato para que o ganhador nos envie o endereço para envio dos livros. Para tanto, o ganhador deverá enviar e-mail com seus dados para edsonbmarques@yahoo.com.br

Antologia Brasil, organizada pela escritora Izabelle Valladares

Livro Frontispícios do Pensamento, edição do autor


]